12 de outubro de 2008

Dia das crianças, em casa, dando geral...

...em tudo. casa, cozinha, horta, Bethovem... ah, nosso poodle.

Bem em minha horta colhi bastante coisa ( graças à Deus ela melhorou com a aplicação de calcário, pois a terra era duríssima!) couve japonesa, chuchu, pimentão, cebolinha, alecrim ( melhor postar as fotografias...)
Tudo em minha horta tem história... o chuchu veio da casa da Veri, em junho do ano passado... Só que a Mônica Nery, minha dentista preferida, também doou um chuchu, daqueles verdíssimos escuros, que por coincidência, da mesma "raça" do chuchu da Veri. Como eram da mesma família, plantamos juntos...

Já o tomate, o cereja, joguei alguns "esmagados" fora e cresceu o pé, dando tomate até!


O espinafre nasceu (não sei como) em um vaso de pimenta. Agora virou uma florestinha...


O pimentão: sempre jogo as sementes deles no canteiro: nasceram oito pés e pimentão em ritmo acelerado.



5 comentários:

gosto pelas artes disse...

ai amiga, que delicia amo plantação do tipo caseira, em casa( quer dizer na mamãe pois moro em ap),plantei limão rosa, girassol,mamão, tomate, entre outras ,é muito gostoso a lida com a terra, bjs.

Táta disse...

Olá amiga,
vim retribuir a visita e ver as novidades!!!
e quantas novidades !!!!
Adorei ver as fotos da sua horta!!
tudo parece muito gostoso.. ham, ham...
Parabéns pela criatividade!!!
bjokas, Cátia

Jerusa disse...

Que linda a Horta!!! Quando o Gilson aparecer por aqui vou mostrar as fotos para ele, vai morrer de inveja..kkkk Sério, deu até saudades da nossa casa aí no Texas...Fazer o que né?? Bjokas

Sônia Maria disse...

Olá, colega!
Adorei a sua visita e seu comentário.
Que bom, que vc também é normalista!
Temos mais coisas em comum do que a formação e o gosto pelo Crochê... Eu também adoro uma hortinha (risos)!
Também sou do tempo que as famílias cultivavam suas hortas. Não tinha esse negócio de vir verduras, legumes e frutas, daqui ou dali. A produção consumida era da propria cidade e você dificilmanete achava para comprar. Frutas então nem se fala.
Na fazenda do meu avô paterno, tinha um pomar imenso com tudo que se tinha direito. Não me esqueço daquele pomar. Era muito lindo!
Apareça sempre que puder e quiser, será um prazer recebê-la.
Tive um grande amigo e colega de trabalho (CEF) da sua cidade. Alfredo Talarico Filho. Ele foi Superintendente da CEF em Goiás e era muito querido por aqui. Soube com pesar do seu falecimento, se não me engano há uns dois anos atrás.
Abraços, laçadas e beijos,
Sônia Maria

anjoartes disse...

A sua horta e muito,produtiva.
Voce e que tem a mao boa para plantar,meu pai e assim tambem e so jogar semente em qualquer lugar e nasce.E inclivel!
Esse chuchus estao um espetaculo devem estar uma delicia.
Beijos
OtiMo final de semana
Angela