10 de junho de 2009

...imagens...





....do amanhecer, através DA MINHA JANELA LATERAL...

Bom dia meninas, desculpem estar sumida mas em se tratando de reposição de greve da rede municipal de ensino, colocando todos os fatos da escola em dia...(imaginem como estou nos últimos dias!) vim compartilhar com vocês as imagens que vejo da minha janela...


Paisagem da Janela
Composição: Fernando Brant / Lô Borges

Da janela lateral do quarto de dormir
Vejo uma igreja um sinal de glória
Vejo um muro branco e o voo de um pássaro
Vejo uma grade e um velho sinal...

Mensageiro natural de coisas naturais
Quando eu falava dessas flores mórbidas
Quando eu falava desses homens sórdidos
Quando eu falava desse temporal
Você não me escutou
Você não quis acreditar
Mas isso é tão normal
Você não quis acreditar
E eu apenas era...

Cavaleiro marginal
Lavado em ribeirão
Cavaleiro negro que viveu mistérios
Cavaleiro e senhor de caça e árvores
Sem querer descanso nem dominical
Cavaleiro marginal
Banhado em ribeirão
Conheci as flores e os cemitérios
Conheci os homens e os seus velórios
Eu olhava da janela lateral
Do quarto de dormir

Você não quis acreditar
Mas isso é tão normal
Você não quis acreditar
Mas isso é tão normal
Um cavaleiro marginal
Banhado em ribeirão
Você não quis acreditaaaaar...

Nenhum comentário: